“Cristina Oliveira is an intelligent and compassionate woman. She is dedicated to living her design as a Mental Projector as well as to help others transform and find the freedom that is inherent in living as oneself. Her openness brings much wisdom to all who come to her for guidance and her sharp individual mind sees much. I supported Cristina for many years in the early stages of her own experiment to help her through some very difficult times using the foundation of strategy and authority as the guiding force. The same commitment she had to her own experiment she brings to others to empower them to live their true nature. ”

Mary Ann Winiger – Geradora, Human Design Certified Teacher & Analyst, Sedona, Arizona, USA

“Sempre me senti que não encaixava nesta sociedade virada para o trabalho puro e duro. Sempre me esforcei para me inserir nela. Insistindo comigo que assim seria correto e eu é que estaria errada. Até que encontrei a Cristina Oliveira e o Sistema de Desenho Humano e então tudo fez sentido. Tudo ficou mais claro e o sentimento de não pertença desfez-se. Agora sei e tenho a certeza: "Não tenho nada a provar aos outros, nem mesmo a mim própria" Seria espantoso se todos pudessem saber qual o seu genotipo, daria origem a uma sociedade mais tolerante. Será utopia ? Talvez não. Se todos começarmos dentro da nossa família, lentamente vai-se expandido para fora. Grata ao Universo que nos deu esta preciosa informação e a ti Cristina por seres um dos seus veículos.”

Helena Barros, Projetora emocional, Diretora do Centro Ser+Feliz em Albufeira, Algarve

“Here is what I recognize in you as a student and Human Design Analyst graduate:

You have a natural gift of inspiration that will benefit anyone who is going to get a Human Design Analysis from you. You have the discipline necessary for detail work, and you can efficiently guide anyone who comes to you for an analysis. You are able to individually recognize, understand and name things.
Your mission is to understand the changing world we live in and inspire others to do so too.”

Josette Lamotte – Geradora Manifestante Emocional (IHDS- Human Design Certified Teacher & Analyst, BG5 Small Business Analyst & Engineer, Dream Rave Analyst, Family Practice Specialist, Primary Health System Practitioner, Rave Cosmologist, Rave Psychology Practitioner, Primary Health System Analyst, Rave Psychology Color Transfer Analyst, Holistic Analyst, Child Development Analyst, OC16 Corporate Analyst & Engineer)

“De uma projetora para outra projetora, aqui vai o meu enorme abraço de reconhecimento e gratidão por todas as palavras que foram ditas, por toda a cumplicidade partilhada, por toda a sintonia sentida, e principalmente por toda a sabedoria e conhecimento que me foi dirigido e disponibilizado, assim como pela maravilhosa forma como a minha leitura de auto-conhecimento foi conduzida. É absolutamente transformador e revolucionário sabermos tanto acerca de nós e ganharmos o respeito e a aceitação por quem somos, em instantes quase imediatos através deste fabuloso sistema.

Cristina, sou-te MESMO completamente grata por teres a coragem de trazeres o novo para as nossas vidas e para o mundo! Por isso só posso desejar que "chovam" cada vez mais convites e que continues a espalhar a tua luz. A verdade é sempre reconhecida. E a tua, reconhece-se só de olhar para ti.”

Célia Martins - Projetora Esplénica (Terapeuta e Mensageira espiritual, Facilitadora intuitiva de cura e despertar na empresa Matriz Divina)

“Numa noite durante um jantar, os meus pais falaram sobre o Desenho Humano, e eu entrei no espírito da ‘coisa’. No início foi por achar graça ao nome, eu não tinha a consciência do que o que o DH representava.

Num domingo, fui fazer a leitura do meu desenho com a Naveena, e foi aí que percebi a dimensão desta arte. Percebi que tinha ali, no meu DH, uma ferramenta para a vida, algo em que me posso basear a fim de tomar decisões acertadas para mim. Através do meu desenho tomei consciência de pequenas partes de mim que desconhecia, todavia, à medida que as ia ouvindo, ia-me apercebendo de que faziam total sentido para mim. O Desenho Humano deve ser encarado com seriedade, a informação que este nos dá é preciosa.

Rapidamente fiquei fascinada com este mundo, pois o meu desenho é muito real e tudo o que está tanto nos centros definidos como nos que estão indefinidos, está relacionado com a minha personalidade.

É extraordinária a maneira como nos pode dizer tanto sobre nós, sobre os nossos dons, as nossas dificuldades. Mas viver o nosso desenho não é nada fácil, sobrepor o sacral à nossa mente é uma tarefa difícil e longa, que exige prática e força de vontade. No meu caso, que racionalizo muito as coisas, é extremamente complicado porque tenho uma grande tendência para deixar a minha mente interferir. No entanto, quero mudar e conseguir viver o meu desenho da forma mais adequada, usando a estratégia correta para o meu tipo.

O DH é uma experiência bastante positiva e só constitui vantagens para toda a gente que o faça. Já para não falar de que conhecer o desenho do outro nos pode ajudar a lidar com ele, com as suas fragilidades, os seus humores, as suas vitórias, as suas derrotas, a sua personalidade, o seu estilo de vida, entre muitas outras coisas.

O DH só nos traz felicidade, respostas e aceitação. Sendo que a última é a principal lição do desenho. Cada um é um ser único e diferente e é preciso amarmo-nos incondicionalmente para amarmos o outro e a nossa vida, mas para tal é preciso aceitarmo-nos com todos os nossos defeitos, peculiaridades e virtudes. Só assim podemos alcançar a felicidade suprema e a paz de espírito.

Ninguém consegue alcançar sucesso se estiver triste ou frustrado com alguma coisa. Por isso, é realmente importante conhecer o nosso desenho, ele vai ajudar-nos a obter respostas e a encontrarmos o nosso caminho, a alinharmo-nos com a vida. Namaste.”

Alice Oliveira – Geradora (Estudante (17 anos)

“Quando fui iniciada na energia do Reiki, a minha vida mudou, tudo o que fazia sentido até então, deixava de o fazer, principalmente o meu trabalho, que não me dava a satisfação que eu desejava para a minha vida.
Entretanto, o Desenho Humano apareceu na minha vida e tive muita curiosidade em fazer o meu. Ao saber que era uma geradora, aí foi mais fácil obter a resposta às minhas dúvidas, bastava ouvir a minha voz interna, e quando a Naveena me perguntou se eu queria mudar de trabalho a minha resposta sacral foi imediatamente – hum-hum (sim).
E assim fiz, coloquei um prazo para terminar a minha sociedade e desde junho de 2013 que estou "livre", agora estou no projeto - Sacura, Terapias Holísticas - e sinto-me feliz!”

Adélia Piedade - Geradora Emocional (Diretora do Centro Sacura- Terapias Holísticas em Loulé, Algarve)

“I have known Cristina Oliveira for over one year as a colleague and friend. During that time, we have been in regular exchange regarding the practice of human design and the evolution of consciousness.

She is a dedicated Human Design professional with both a passion for deepening her understanding of the power of Human Design and for supporting people in their path towards freedom and full expression.

The field of Human Design is relatively new, having been made openly available since the 90's and it is finding its footing in the arena of personal development and transformation. Cristina is devoted to more than the mastering the concepts of HD, but to embodying them practically in her own life for her own enrichment and for the benefit of those who would seek her counsel.

She is honest, thoughtful, and artful in her work and sharing. For those in the Portuguese speaking community, she is a choice place to begin the HD journey - being a first advocate of its unfolding there.
I recommend you to allow her to support you in your journey.

William Sebrans - Manifestador emocional (life coach, astrologer, human design consultant)

“Quando a Cristina me falou no Desenho Humano senti-me de imediato atraída, ou não fosse eu uma projetora. Pedi-lhe para me fazer a análise do meu Desenho e todos os detalhes foram “entrando” no meu ser como se ela me estivesse a mostrar o espelho da minha alma. É curioso como vimos a este mundo desenhados, para cumprirmos ou não o nosso Desenho. Aqui é que entra esta terapia como uma orientação e ajuda preciosa, como uma carta que nos orienta o “caminho” para uma vida mais feliz. Se aprendermos a viver conforme o nosso Desenho, vivemos de acordo com a nossa verdade mais intima.

Sinto muito a importância do conhecimento do desenho das crianças que estão junto de nós quer sejam os nossos filhos ou as crianças que educamos, porque nos permite orienta-las respeitando os Seres único que são.

O curso “Viver o seu Desenho “ ajudou a relacionar-me melhor com as pessoas com quem convivo. Compreendo-as melhor, porque sei que algumas reações de interação com os outros e acontecimentos da sua vida estão de acordo com a sua essência.”

Ilda Solipa – Projetora esplénica (Facilitadora de Reconexão e Cura Reconectiva e facilitadora de cura xamânica)

“O Desenho Humano foi-me recomendado por uma amiga e rapidamente percebi que seria uma ferramenta excelente de desenvolvimento pessoal. A experiência na leitura do meu desenho foi muito importante porque a Cristina, de forma muito profissional, clara e objetiva, conseguiu mostrar as minhas características mais profundas e específicas, compreender determinadas reações e posturas que assumo em determinados contextos bem como me fez compreender o que me move na minha caminhada. Fico grata à Cristina por ter despertado em mim uma maior consciência do meu ser e do que posso “fazer” para continuar a crescer no meu percurso pessoal.”

Tânia Nobre – Geradora Emocional (Diretora da Massoterapia Nobre)

“Com a leitura do Sistema de Desenho Humano aprofundei o conhecimento específico sobre mim, a nível físico, psicológico e mental, revelando ainda as minhas vulnerabilidades, talentos, vigor e dons. Deu-me clareza, simplificando e validando o meu propósito ou missão de vida, o que me trouxe a determinação que frequentemente se perde frente às intempéries.

Este conhecimento permitiu-me tomar as decisões corretas de acordo com o meu perfil, desenvolvendo o "estar" e possibilitando "ser" eu própria. Muito importante para mim foi perceber os condicionamentos a que estamos sujeitos, i.e., o que vem do outro, da sociedade e que nos distancia do nosso Ser verdadeiro e nos influencia na hora da tomada de decisões.

Uma validação de tudo o que procuramos, autoconhecimento, percursos claros, definidos com discernimento e clareza, a visão.”

Célia Pereira – Projetora Emocional (Praticante de Xamanismo e Mestre Terapeuta de Reiki)

Top